quinta-feira, 22 de outubro de 2009

ESTRATÉGIAS DE LEITURA

Muitas pessoas acreditam que o entendimento do texto a ser lido dependerá, basicamente, do seu conhecimento de vocabulário. Na verdade, a compreensão do texto lido dependerá da sua capacidade de relacionar idéias, estabelecer referências, fazer inferências ou deduções lógicas, identificar palavras que sinalizam idéias, além da percepção de elementos que colaborem na compreensão de palavras, como os prefixos e sufixos.
Como a leitura é um processo, para que você leia de forma mais ativa, rápida e, desse modo, mais efetiva, procure:
• quebrar o hábito de ler palavra por palavra.
• usar seu prévio conhecimento sobre o assunto.
• dominar as estratégias que fortalecerão este processo.
• prestar atenção ao contexto em que o texto está colocado.
• fortalecer as estruturas gramaticais que sustentam a formulação das idéias apresentadas.
Reading Skills ( Habilidades de Leitura )
Previewing and Predicting
É possível, muitas vezes, antecipar ou prever o conteúdo de um texto, através do título, de um subtítulo, gráfico ou figura incluídos. É a primeira coisa a fazer antes de começar a leitura.
O título, quando bem escolhido, identifica o assunto do texto.
Scanning (habilidade de leitura em alta velocidade)
É uma habilidade que ajuda o leitor a obter informação de um texto sem ler cada palavra. É uma rápida visualização do texto como um scanner faz quando, rapidamente, lê a informação contida naquele espaço. O processo de scanning é muito útil para encontrar informações específicas de, por exemplo, um número de telefone numa lista, uma palavra num dicionário, uma data de nascimento ou morte numa biografia ou um endereço.
Diferentemente de skimming, scanning refere-se à busca de informações precisas sobre um ponto específico. Por exemplo, se você quer ver o resultado do jogo Atlético x São Paulo no jornal da segunda-feira, não precisa ler todo o artigo sobre o jogo, mas somente a caixinha onde se encontra as informações básicas do jogo. O leitor faz uso de scanning portanto, quando sabe qual informação procura e simplesmente passa os olhos pelo texto procurando por esta informação e pronto. No caso do jogo, ele não vai descobrir se foi um bom jogo, como foi a atuação do juiz, quem foi expulso ou quem marcou os gols. Tudo o que o leitor conseguiu retirar do texto foi Atlético 5 x 0 São Paulo.
Skimming
O processo de skimming dá ao leitor os pontos principais ou o sentido geral do texto. Diferentemente do scanning, skimming é mais abrangente; exige conhecimento de organização de texto, a percepção de dicas de vocabulário, habilidade para inferir idéias e outras habilidades de leitura mais avançadas.


Idéia Principal
Deve ser encontrada como resposta à seguinte pergunta: Qual é o ponto central que o autor quer mostrar? A idéia principal é a tese do autor, a qual ele vai demonstrar com alguns detalhes de apoio à sua idéia (supporting details), os quais podem ser expressos em forma de exemplo, uma estória, estatísticas, etc.. A ‘main idea’, diferentemente do tópico, deve ser formulada através de uma sentença completa.
Leia o seguinte texto:
According to scientists who study aging, there are many things people can do to remain healthy in old age. They believe it is essential old people find mental and physical challenges. Moreover, those scientists recommend that people follow a balanced diet and an exercise program as long as they live. They also caution smokers, particularly those heavy ones, about the dangers of smoking.
A idéia principal do texto acima será “According to scientists, health in old age can be achieved in many ways.” Para sustentar essa idéia, o autor dá exemplos: to follow a balanced diet, to exercise, and not to smoke.
50 million. (time order)
Inferência
Inferir idéias de um parágrafo ou texto significa tirar conclusões lógicas, apoiando-as em evidências no texto, lendo “entre as linhas”. A inferência não pode ser uma afirmação claramente mencionada no texto. A inferência é uma idéia implícita que deverá ter sustentação nas idéias apresentadas.
Leia o seguinte texto:
Volunteering is a good way to experience another country without paying for expensive hotels or tuition. But how can a person get to another country this way? One possibility is courier travel. For a low fee, a person can join an association that sends info about monthly courier opportunities. The passenger agrees to become a courier (i.e., carry materials for a business in his or her luggage) and can then receive huge discounts on airfare. People who enjoy ocean travel might try a freighter. Although they carry cargo from country to country, most also carry eight to twelve passengers.
A partir do texto dado, infere-se que “airfare might be a major obstacle for many people to travel.”
Outro exemplo:
A car shows bumper stickers (adesivos) that read, “I Brake for Animals,” “Save the Whales,” and “Have You Thanked a Green Plant Today?”
Você pode inferir que o motorista apóia movimentos a favor do meio ambiente.
Pronoun Reference
Sabendo que o pronome é usado para substituir um nome, é fundamental que o leitor identifique os pronomes empregados num texto e a que (nomes) eles fazem referência.
Categorizando os Pronomes:
subjective (para expressar sujeito): I, you (singular), he, she, it, we, you (plural), they
objective (para expressar objeto (direto / indireto): me, you (singular), him, her, it, us, you (plural), them
possessive (indicam o que pertence a alguém): mine, yours (singular), his, hers, its, ours, yours (plural), theirs
reflexive (podem ser usados também para ênfase): myself, yourself (singular), himself, herself, itself, ourselves, yourselves (plural), themselves
demonstrative: this (singular), these (plural): indicam proximidade that (singular), those (plural): indicam distância .

Grupos Nominais
Observe os exemplos:
1. Menina bonita.
Beautiful girl.
2. Uma moça inteligente e bonita.
An intelligent and beautiful girl.
3. Nações Unidas.
United Nations.
4. Fundo Monetário Internacional (FMI)
International Monetary Fund (IMF)
5. OTAN - NATO

Como você pode observar, a colocação do adjetivo em português é diferente da colocação em inglês, isto é, em inglês o adjetivo vem antes do substantivo.
Vamos observar outros exemplos e ver o que pode acontecer com os substantivos e adjetivos:

 A palavra cotton é um adjetivo ou um substantivo? Isto vai depender de sua posição na frase. Observe:

A cotton shirt. A natural cotton.

No primeiro exemplo, cotton é adjetivo, colocado antes do substantivo shirt. Já no segundo exemplo, cotton é substantivo modificado pelo adjetivo natural.
Em outras palavras:

Cotton mudou sua CLASSE GRAMATICAL de acordo com a POSIÇÃO que ocupa na frase.

Em inglês, como em português, existe sempre a palavra principal (headword) em cada grupo nominal (nominal group):

Uma vista muito bonita.
A very beautiful view.

Nenhum comentário: